segunda-feira, 24 de setembro de 2012

DIA MUNDIAL DA POESIA


 A escolha de … Patrícia Herdeiro  (12º F)

 

EU E O MENINO

 
Um dia pensei ir pescar,

sentia-me triste e fraco.

Por entre os íris fiz co´a mão

nas lentilhas-d´ água um buraco.
 

Do fundo subiu uma luz,

que de negro espelho saía.

Um jardim nunca antes pisado

e um rapazinho ali se via.

 
Estava em pé a uma mesa,

Escrevia na lousa que tinha.

E a letra que seguia o giz

conhecia eu bem, era minha.
 

Mas ele escreveu começou

Sem pressa e sem qualquer rubor

Tudo quanto eu na minha vida

sonhava escrever de melhor.
 

E cada vez que eu acenava,

a dar a entender que sabia,

fazia ele tremer a água

e tudo outra vez se extinguia.

 

Martinus Nijhoff,  in, Rosa do Mundo, 2001 Poemas para o Futuro

 

Sem comentários:

Publicar um comentário