segunda-feira, 16 de julho de 2012

DIA MUNDIAL DA POESIA

A escolha de... A PÁGINAS TANTAS

No aniversário do nascimento do professor, ensaista, poeta e pintor
Mário Dionísio



Num pingo de verniz
o mundo inteiro cabe

O que se sabe e não sabe
o que se diz e não diz
luz um momento só

que enquanto o brilho escorre
e se cobre de pó
o encanto desfaz-se
dir-se-ia que morre

Mas o que ali floresce
não mais se apaga ou esquece

E o que se diz e não diz
o que se sabe e não sabe
na baça luz do verniz
enquanto morre renasce


Mário Dionísio, in, Memória dum Pintor Desconhecido

Sem comentários:

Publicar um comentário